Presos do Paraná participam do Agosto Azul, voltado à saúde do homem

Presos da PCE-UP tiram dúvidas sobre saúde. Foto: Osvaldo Ribeiro/Sesp

Penitenciárias de todo o Paraná participam neste mês da campanha Agosto Azul, que promove ações voltadas à saúde do homem. O trabalho é organizada pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) em parceria com o Departamento Penitenciário e foi lançado oficialmente na semana passada no Palácio das Araucárias, em Curitiba.

Em 2017, o tema é Pai, seja presente!, que incentiva a paternidade responsável. A campanha lembra aos homens sobre as mudanças que a paternidade traz ao corpo e a mente e sugere atitudes que devem fazer parte da rotina familiar, com foco em atenção e cuidado. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o homem precisa envolver-se durante a gravidez, participar das consultas de pré-natal e auxiliar a mulher em todas as tomadas de decisões. Também deve se preparar para o nascimento, conhecer os sinais de alerta de parto e os procedimentos do dia D. A campanha ainda lembra que a presença do pai na sala de parto transmite segurança à gestante e é garantida por meio da Lei do Acompanhante.

De acordo com a Sesa, os homens também devem participar do planejamento reprodutivo da família, principalmente em relação aos métodos contraceptivos. Outra atitude que a campanha busca atingir é a divisão igualitária das tarefas domésticas e dos cuidados com o filho.

O Agosto Azul foi instituído no Paraná em 2012 pela Lei nº 17.099. De acordo com o representante da Coordenação Nacional de Saúde do Homem, Juliano Mattos Rodrigues, que participou do lançamento de Pai, seja presente!, o Paraná é único estado do país a desenvolver uma política estadual na área. “É um diferencial e fundamental para o Ministério da Saúde que os estados incentivem e consigam garantir cada vez mais a presença dos homens nos serviços de saúde”, destacou.

Programação

Diversas atividades estão programadas durante todo o mês no sistema prisional paranaense. A primeira foi uma palestra na Penitenciária Central do Estado – Unidade de Progressão (PCE-UP), em Piraquara, na Região de Metropolitana de Curitiba, que aconteceu nesta quarta-feira (9). Profissionais da área da saúde esclareceram dúvidas dos detentos sobre higiene, cuidados com o corpo, sexualidade, prevenção de doenças, paternidade, entre outros. A PCE-UP é trabalhada pelo Depen e pelo Poder Judiciário de maneira especial para que todos os detentos tenham acesso a trabalho e educação. O coordenador estadual da Política de Saúde do Homem, Rubens Bendlin, foi um dos palestrantes.

Na próxima semana, a Colônia Penal Agroindustrial (CPAI) recebe uma palestra em moldes similares. E um mutirão de testes rápidos de Sífilis, Hepatites B e C, HIV e Tuberculose será realizado na Penitenciária Central do Estado (PCE), maior unidade prisional do Paraná, com cerca de 1600 presos.

Cartaz da campanha de 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s