Making of do VI ENCONTRO DOS CONSELHOS DA COMUNIDADE

O VI Encontro dos Conselhos da Comunidade do Paraná reuniu 350 participantes, 20 palestrantes e 2.000 visitantes na Exposição Recomeço, no Museu Oscar Niemeyer e no Restaurante Madalosso. Entre os dias 25 e 28 de setembro, juristas, magistrados, promotores, advogados, estudantes e representantes de 83 comarcas do interior do Estado e do Rio de Janeiro ao Piauí sentaram à mesa para discutir alternativas para encerrar com a política de encarceramento e o descaso que costuma acompanhar as privações de liberdade. Confira os bastidores desse grande evento.

Cesar Roberto Bitencourt, advogado criminalista, responsável pela palestra magna de abertura. Foto: Wynia Lopes
Bandeira do Brasil feita com tsurus. Os presos de cinco unidades do regime fechado fizeram 70 mil réplicas para o VI Encontro dos Conselhos da Comunidade. Foto: Wynia Lopes
Daniel Mariot, curador da exposição. Foto: Wynia Lopes
Egressos ajudaram o Conselho da Comunidade de Curitiba a montar o VI Encontro Estadual. Foto: Wynia Lopes
Montagem dos manequins para expor o trabalho dos detentos. Os uniformes dos agentes penitenciários também são costurados dentro do sistema penitenciário. Foto: Wynia Lopes
Obras de arte dos presos que respondem a medidas de segurança, do Complexo Médico Penal. Foto: Wynia Lopes
Obras do projeto Arte no Cárcere, concebido na maior unidade prisional do Paraná (PCE). Foto: Wynia Lopes
Tsurus que enfeitaram a Exposição Recomeço. Foto: Wynia Lopes
Bastidores da montagem da Exposição Recomeço. Foto: Wynia Lopes
Produtos de higiene produzidos pela Penitenciária Central do Estado. Foto: Wynia Lopes
Exposição das peças da Germer Porcelanas, empresa que emprega dez presos na Penitenciária Central do Estado – Unidade de Progressão. Foto: Wynia Lopes
Todos os materiais expostos foram produzidos pelos presos. Até mesmo tijolos, puxadores, bancos e aramados. Foto: Wynia Lopes