Campanha alerta sobre violência contra mulheres no Carnaval

Nos últimos 12 meses, 12.873 mulheres foram agredidas por dia no Brasil. O que dá uma média de 536 por hora. A projeção faz parte de um levantamento realizado pelo Instituto Datafolha, encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os números são alarmantes. Divulgada na terça-feira (26), a pesquisa aponta que 76,4% das vítimas disseram que foram agredidas por algum conhecido.

Para tentar chamar a atenção da sociedade para o problema, o Tribunal de Justiça do Paraná lançou recentemente a Campanha de Prevenção à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher no Período do Carnaval. Para a desembargadora Lenice Bodstein, a campanha pretende sensibilizar a população para o combate às violações e estimular a denúncia de agressores. “O índice de violência contra mulheres aumenta em períodos festivos devido ao maior número de pessoas nas ruas e ao elevado consumo de bebidas alcoólicas”, ressalta a desembargadora, que é responsável pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar.

O Conselho da Comunidade da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba – Órgão da Execução Penal apoia a iniciativa. “Neste período, há aumento de casos de agressões e assédio contra mulheres. A sociedade precisa se unir para por fim a essa violência. As mulheres não podem ser vistas como propriedade dos maridos ou namorados. Elas têm o direito de se divertir no Carnaval sem serem importunadas”, afirma Isabel Kugler Mendes, presidente do Conselho da Comunidade da RMC.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s